5 razões para cuidar da saúde dos colaboradores da sua empresa

Cuidar da saúde dos colaboradores é algo que deve sair do discurso das empresas e fazer parte das ações. E isso só acontece efetivamente quando a direção e as lideranças percebem que é possível aliar esta iniciativa com o planejamento estratégico.

Neste artigo, resolvemos trazer as principais razões para que você empreendedor e gestor de negócio crie um programa de gestão de saúde corporativa.

Acompanhe!

A saúde dos colaboradores da sua empresa faz parte da estratégia?

Para começar, é preciso uma conscientização de que o tema da saúde dos colaboradores precisa sair do campo apenas da motivação. É preciso pensar nele como uma estratégia do negócio.

Quando a empresa faz ações pontuais de qualidade de vida, visando apenas a motivação, ela está deixando de lado a oportunidade de obter resultados mais substanciais e sustentáveis.

Quando há um programa de saúde gerido estrategicamente, é possível obter redução de custos com afastamentos dos colaboradores, melhorar a produtividade, obter um engajamento maior com o dia a dia operacional, além de consolidar uma imagem de empresa socialmente responsável.

Para isso, é preciso entender as necessidades dos diferentes grupos de colaboradores. Há aqueles que são 100% saudáveis, e devem ser mantidos assim, há os que têm riscos de desenvolverem doenças, e precisam, de certa forma, serem conscientizados; também há aqueles que já desenvolveram problemas sérios de saúde (que já faltam ou já pediram afastamentos para realizar tratamentos), e precisam ser recuperados.

Ligar as necessidades dos colaboradores com o planejamento estratégico do negócio é o segredo. Para isso, é preciso fazer um mergulho na realidade corporativa e pensar ações integradas de curto, médio e longo prazo, visando inspirar hábitos saudáveis e promover a qualidade de vida como um valor do negócio.

Por que cuidar da saúde dos colaboradores é importante?

E não faltam bons motivos para que as empresas criem e executem um programa estratégico de saúde para seus colaboradores. Aqui estão os principais:

1. Cumprimento da legislação

Cumprir com a legislação trabalhista em relação à segurança no trabalho e à saúde dos colaboradores é um dos principais motivos para em ter  um programa.  

Em muitos negócios, há perigos reais para a saúde dos colaboradores. Logo, é importante pensar em ações preventivas para, por exemplo, mitigar danos de esforços repetitivos, evitar lesões na coluna por má postura, entre outros aspectos.

Cumprir a legislação, cuidando da saúde, é obrigação da empresa.

2. Redução de custos com faltas, afastamentos e consultas médicas

Anualmente, as empresas têm muitos prejuízos financeiros devido às faltas dos colaboradores que apresentam problemas de saúde. Em casos extremos, eles são afastados por tempo indeterminado.

Outro ponto interessante no que diz respeito aos custos é o uso indiscriminado do plano de saúde fornecido pela organização. Quando isso acontece, os ajustes anuais das operadoras de saúde incidem sobre os custos financeiros (devido à chamada taxa de sinistralidade, que aumenta conforme o volume de utilização).

Ter um plano estratégico para cuidar de faltas e afastamentos e ter uma orientação  sobre a conscientização da utilização do plano de saúde, reduz custos.

3. Melhorias na produtividade

Já está comprovado que as empresas que mais investem em ações de incentivo aos hábitos saudáveis e em um programa com atividades, palestras e outras ações voltadas para a saúde conseguem melhorar a produtividade dos colaboradores.

Afinal, quando as pessoas estão com sua saúde em dia, elas se sentem mais dispostas para trabalhar e mais receptivas às inovações, e isso reverbera na produção.

4. Atração e retenção de talentos

Atrair e reter talentos também é um motivo forte para cuidar da saúde dos colaboradores. As pessoas querem atuar em uma organização que realmente se importa com o seu bem-estar e tendem a permanecer por mais tempo quando são incentivadas a manter hábitos saudáveis.

5. Solidificar a reputação da marca

Por fim, mas não menos importante, cuidar da saúde dos colaboradores também pode ajudar na reputação da marca. Na dinâmica atual do mercado, de competitividade extrema, empresas que investem em seus colaboradores são valorizadas.

Isso porque um bom programa de qualidade de vida (também chamado de gestão da saúde corporativa), quando aplicado corretamente, costuma ser visto pela sociedade como um valor de superioridade moral e ética dos empregadores.

O que você tem feito pela saúde dos colaboradores da sua empresa? Esta é uma reflexão estratégica em seu negócio? Fale conosco agora mesmo e veja como podemos ajudá-lo!

By | 2018-03-21T12:54:42+00:00 novembro 27th, 2017|Categories: Inspirar Hábitos Saudáveis|Tags: , |