Programa de qualidade de vida: o que dizem as empresas que já têm?

Um bom programa de qualidade de vida é fundamental para empresas de todos os portes em todos os segmentos de mercado. Os ganhos vão desde o aumento da produtividade até a redução de custos, passando por melhorias na satisfação dos colaboradores e reputação da marca.

Agora, o que dizem as empresas que já contam com um programa estruturado e em funcionamento? Quais resultados elas percebem?

Neste artigo, resolvemos compilar depoimentos de executivos que já executam um programa de qualidade de vida e já sentem a diferença.

Confira!

1. Cultura de qualidade de vida

Para Nilton Pereira Martins, coordenador de Qualidade de Vida da CPFL Energia, contar com um programa bem estruturado auxilia na disseminação da qualidade de vida como um valor para todos os colaboradores.

“A Labor Fit auxilia na divulgação da formação da cultura de qualidade de vida na empresa; profissionais habilitados e capacitados ajudam na adoção do estilo de vida saudável dos colaboradores”, afirma o executivo.

2. Ambiente de trabalho mais leve e descontraído

A responsável por Segurança do Trabalho da Sem Parar, Tatiana Bracht, destaca que as iniciativas da companhia para inspirar hábitos mais saudáveis rendem um ambiente de maior interatividade e alegria aos colaboradores.

”Maior interatividade entre os colaboradores do setor de trabalho. Mais felicidade e diversão no ambiente de trabalho durante a pratica da ginastica. Aumento da prá​tica de alongamento dos colaboradores.”

3. Prevenção de doenças

Para Rondineli da Silva, planejador da área de Engenharia Industrial da Mercedes-Benz, prevenir doenças é um benefício palpável de um programa cuja ginástica laboral está entre as principais atividades.

”A ginástica laboral tem um papel fundamental na prevenção de doenças ocupacionais. Além de promover a integração entre os colaboradores, nos proporciona um momento de descontração no início da jornada.”

4. Elevação da preocupação com a saúde dos colaboradores

”Trouxe uma preocupação com a saúde das pessoas dentro e fora da empresa. É um diferencial para nós (pois somos a única subsidiária da Samsung no mundo a ter G.L.). Trouxe um ambiente descontraído de produção,” afirma Manoela Lahoz, Chief Inventor, Ergonomista.

5. Adesão dos colaboradores às atividades

Quando perguntado sobre a importância do programa de qualidade de vida implementado com o auxílio da Labor Fit, o responsável por Recursos Humanos da Thomson Reuters aponta a preocupação da empresa com o colaborador. “Promoção de maior qualidade de vida aos colaboradores. Parceria para auxiliar nas campanhas de comunicação interna de outros eventos e atividades da empresa. Os PACs tem sido um informativo que chama o interesse das pessoas.”

6. Conscientização da importância dos hábitos saudáveis

Por fim, com a correria do dia a dia laboral, é comum que os colaboradores das empresas deixem de prestar atenção aos seus hábitos. Isso pode gerar problemas de saúde e elevar as taxas de absenteísmos e afastamentos para tratamentos, por exemplo.

Para Karina Ferreira, da área de RH da Sealed Air Brasil, contar com um bom programa de qualidade de vida é fundamental para a “conscientização de bons hábitos e qualidade de vida.”

Que tal, sua empresa já tem um programa de qualidade de vida bem estruturado? O que achou destes depoimentos?

Aprofunde-se mais neste assunto; baixe agora mesmo o e-book ‘COMO UTILIZAR O PROGRAMA DE QUALIDADE DE VIDA PARA REDUZIR CUSTOS COM A SAÚDE’ – é grátis!